CobNews

ECONOMIA ENCOLHEU 0,2% EM 2014

Noticias >> As projeções para dezembro variam entre -0,7% e -1,7%.

A fraqueza da atividade econômica observada ao longo do quarto trimestre do ano passado se acentuou em dezembro e o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), que funciona como um termômetro para o Produto Interno Bruto (PIB), deve ter encerrado 2014 com queda de 0,2%, avaliam economistas.

Com o tombo da produção industrial e a frustração com as vendas no varejo, a média das estimativas de 17 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor Data aponta que o índice calculado pelo BC caiu 1,15% em dezembro, após ter ficado estável em novembro, sempre na comparação com o mês anterior, feitos os ajustes sazonais. Se confirmada, a queda levará o índice de atividade do BC a recuar 0,4% entre o terceiro e o quarto trimestre, na série com ajuste. Por causa de efeitos estatísticos, o recuo no fim do ano torna mais difícil ainda que o PIB tenha expansão em 2015.

As projeções para dezembro variam entre -0,7% e -1,7%. No trimestre, as estimativas são de recuo de 0,2% a 0,7%. O dado será divulgado hoje pelo BC.

Como o comércio também surpreendeu negativamente, com queda de 3,7% no conceito ampliado (que inclui a venda de automóveis e de material de construção), o Ibre estima queda de 0,77% do IBC-Br entre novembro e dezembro.

O PIB mensal calculado pelo Itaú (PIBIU) caiu 1,5% entre novembro e dezembro, feitos os ajustes sazonais, enquanto o IBC-Br diminuiu 0,7% na mesma comparação, nas estimativas do banco. Usando as informações do PIBIU e outros dados, o Itaú estima que o PIB oficial do IBGE ficou estagnado nos três meses encerrados em dezembro.

 

FONE: +55 31 3296-7005
FAX: +55 31 3292-7814
AV. RAJA GABÁGLIA, 4987
SANTA LÚCIA - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS
FONE: +55 31 3378-4527
Av. Aggeo Pio Sobrinho, 431
BURITIS - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS