CobNews

SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Construção >> Mercado preocupa-se em produzir mais e melhor, reduzindo impacto sobre o ambiente

- A evolução dos métodos construtivos é uma tendência internacional que chega definitivamente ao Brasil. Produzir mais e melhor, de forma sustentável, eliminando perdas e minimizando os impactos ambientais é realidade que chegou de vez ao mercado nacional.

 A partir da feira Concrete Show 2014, a maior deste setor na America Latina realizada em São Paulo, passamos a comercializar para todo o mercado nacional uma solução inovadora que agrega eficiência, economia, agilidade e redução de custos com transporte e mão de obra. A solução é considerada uma das maiores inovações no mercado da construção civil. Trata-se de uma solução em aço aplicada na técnica de construção de lajes. Os principais diferenciais são leveza, praticidade, qualidade e simplicidade na aplicação. Essas características são de fundamental importância em todo o processo de construção, desde o projeto da laje até o transporte, estocagem, manuseio e instalação da vigota na obra. O peso linear é 80% menor comparado ao de uma vigota comum.

 A industrialização da construção civil precisa adaptar-se aos novos tempos, gerando menos impactos ambientais e sociais. É o desafio dos gestores que atuam nesse importante mercado.

 Hoje, este tipo de método construtivo apresenta uma grande economia de tempo e recursos, além de oferecer muito mais segurança para os trabalhadores. Não é à toa que podem ser utilizados em grande escala em obras de edifícios residenciais e comerciais. Obras limpas e muito mais rápidas estão entre as principais vantagens para todos as partes envolvidas no processo construtivo. É uma tendência mundial a construção civil abandonar processos artesanais em prol da industrialização progressiva porque ela aumenta a velocidade e a qualidade, reduzindo os custos.

 E a economia está aliada ainda ao planejamento da obra, pois com os novos métodos se exige uma análise prévia de todos os detalhes já na produção das peças. Esse planejamento, mais objetivo e minucioso, reduz muito o desperdício de material. A mesma lógica se repete na entrega e montagem das peças, pois como os detalhes são pensados em conjunto, a montagem também é planejada antes. Por isso a execução é rápida e precisa, sem adaptações ou improvisações, o que aumenta a produtividade da mão-de-obra.

 Atualmente nos Estados Unidos 12% de todo o cimento produzido no país destina-se a pré-fabricados, porcentual que chega a 20% na Espanha e 40% na Dinamarca. Aqui no Brasil, de acordo com dados Abcic, o volume de cimento consumido pelo pré-moldado chega perto de 6%. O processo construtivo chega a ser 40% mais rápido do que o método tradicional

 Acredito que a industrialização da construção civil não é mais uma tendência e, sim, uma realidade. A necessidade das construtoras reduzirem entulhos, otimizarem o tempo de execução e o custo total da obra é importante no atual momento da economia brasileira.

 

FONE: +55 31 3296-7005
FAX: +55 31 3292-7814
AV. RAJA GABÁGLIA, 4987
SANTA LÚCIA - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS
FONE: +55 31 3378-4527
Av. Aggeo Pio Sobrinho, 431
BURITIS - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS